21 de Maio de2024


Área Restrita

SOLIDARIEDADE Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 09:15 - A | A

Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 09h:15 - A | A

SOLIDARIEDADE

Doações enviadas de Primavera do Leste chegam ao Rio Grande do Sul

200 toneladas de donativos, divididos em 15 carretas e um avião, já estão sendo distribuídas

Jaqueline Hatamoto

Depois de quatro dias de viagem e muitos quilômetros percorridos. As doações que saíram de Primavera do Leste, já começaram a chegar as cidades do Rio Grande do Sul. As cidades de Arvorezinha, Roca Salles, Guaporé, Anta Gorda, Muçum e Nova Hartz, são alguns dos destinos, onde os donativos foram entregues a entidades que vão fazer a distribuição a famílias que necessitam.

Em uma semana, a cidade de Primavera do Leste e alguns municípios da região, juntaram 200 toneladas de donativos, distribuídos entre roupas, artigos de cama, mesa e banho, água, ração, leite, alimentos, entre outros, lotaram o salão do Centro de Tradições Gaúchas – CTG Querência Distante de Primavera do Leste, local que se tornou ponto de arrecadação e triagem das doações.

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

As doações foram distribuídas em 15 carretas e uma aeronave. Por isso, um trajeto foi pensado por uma comissão de voluntários para chegar as cidades mais afetadas.

CTG VOLUNTÁRIOS 2.png

 

“Nós pensamos em chegar nas regiões mais afetadas e também entramos em contato com outros CTGs para que não houvesse conflitos e tudo fosse enviado para mesmo lugar. E então dividimos os donativos, para que cheguem mais rapidamente as famílias afetadas”, explicou o patrão do CTG Jerri Bicca.

O patrão ressaltou ainda que os donativos foram entregues para entidades e clubes de serviços, que ficaram responsáveis por garantir que cada doação chegue ao destino.

“Nós entramos em contato com o Rotarys, CTGS da região que vão fazer essa distribuição. Temos uma carreta que vai para região de Bento Gonçalves e lá essa carga será repartida e levada por carros menores, devido as condições da estrada. Nosso objetivo é que essas doações cheguem a quem tanto precisa, rapidamente”.

Uma aeronave carregada de medicamentos decolou de Primavera do Leste, com destino a Muçum, os medicamentos já foram distribuídos para unidades de saúde que estão na linha de frente em relação a atendimentos médicos voltados para vítimas das enchentes.

 

UMA ONDA SOLIDÁRIA

A ideia de enviar doações de Primavera do Leste para o Rio Grande do Sul, surgiu através de uma mensagem disparada via grupos de troca de mensagens, por um empresário da cidade, que tornou o comércio dele ponto de arrecadação e já disponibilizou um caminhão.

E muito rapidamente, a cidade se tornou polo de arrecadação de toda região, recebendo donativos das cidades de Querência, Paranatinga, Poxoréu e outras. E uma carreta que levaria os donativos se tornou pequena, diante de tantas doações.

“A população de Primavera do Leste abraçou essa causa e eu fico imensamente feliz. Primavera acabou se tornando um ponto de arrecadação, e eu fico lisonjeado em ter lançado essa ideia que tomou uma proporção tão grande”, ressaltou Edson Vander Dias, empresário de Primavera do Leste, que iniciou a campanha em Primavera do Leste.

Além dos donativos, muitas pessoas disponibilizaram tempo, paciência e muito zelo na separação de item por item. Muitos deixaram suas casas e o trabalho para se dedicar a causa se tornando um voluntário na organização dos itens doados, garantindo a identificação de cada caixa ou palet carregado nos caminhões. Caminhões e carretas, que pegaram a estrada, todos emprestados e com motoristas voluntários para a entrega das doações.

E houve até quem se dedicou a escrever mensagens nas caixas e sacos, mensagem de otimismo e muito amor.

 

ARRECADAÇÃO CONTINUA, MAS COM FOCO EM OUTROS ITENS

Em agradecimento a população primaverense, parte das carretas e caminhões carregados fizeram uma carreata pelas ruas de Primavera do Leste na noite de quinta-feira (09), demonstrando que estava tudo pronto para a viagem.

“Só temos a agradecer a população que se sensibilizou com a situação, a todos que doaram. Garantimos que as doações vão chegar ao destino e o povo vai nos agradecer”, destacou o patrão do CTG Jerri Bicca.

DOAÇÕES 4.jpg

 

Uma carreta com donativos, chegou na noite de segunda-feira (13), a sede do CTG Querência de Nova Hartz, e o patrão da entidade fez questão de ressaltar a importância da ajuda para região. O CTG da cidade de Nova Hartz tem se dedicado na confecção de marmitas, para entregar a pessoas que estão em abrigos ou famílias que não tem no momento como cozinhar.

“Neste momento que estamos passando, toda a ajuda é bem-vinda, vamos fazer o que for possível para entregar essas doações a quem precisa. E eu agradeço muito a todos de Primavera do Leste que nos enviaram essa doação”, disse o patrão Cliomar Dias.

 

PONTO DE ARRECADAÇÃO MUDOU

A arrecadação de donativos para enviar ao Sul do Brasil continua em Primavera do Leste, agora devem ser levadas ao Sindicato Rural, que passa, a partir de agora, a funcionar como centro de Triagem. Neste momento, a prioridade de doação passa a ser de utensílios que possam ser utilizados nas limpezas, como vassouras, rodos e baldes, bem como kits de higiene e limpeza. Medicamentos e alimentos também estão sendo arrecadados.

“Roupas por enquanto não vamos receber. Vamos focar nas doações de kits de higiene e limpeza. E também vamos receber móveis, como fogão, geladeira e colchões, para serem entregues as famílias já nos próximos dias”, frisou Edson Vander Dias.

As doações podem ser entregues das 07:00 às 19:00, e os voluntários para organização das doações, podem comparecer ao local todos os dias 17:00 às 19:00.

“É uma luta que continua e deve seguir. Então, caso alguém não tenha feito a sua doação que doem”, ressaltou o prefeito de Primavera do Leste. Leonardo Bortolin.

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]